quarta-feira, 12 de abril de 2017

Oo Deputados da Lista Fachin (por partido)

Confira os deputados que serão investigados na Lava Jato a partir das delações da Odebrecht, por partido. 

O levantamento foi feito por O Antagonista, com base na lista divulgada pelo Estadão.

A lista inclui o presidente Rodrigo Maia.

Do PT (11):
- Marco Maia, do Rio Grande do Sul;
- Carlos Zarattini, de São Paulo;
- Nelson Pellegrino, da Bahia;
- Maria do Rosário, do Rio Grande do Sul;
- Vicente “Vicentinho” Paulo da Silva, de São Paulo;
- Zeca Dirceu, de São Paulo;
- Vander Loubet, do Mato Grosso do Sul;
- Zeca do PT, do Mato Grosso do Sul;
- Vicente Cândido, de São Paulo;
- Décio Lima, de Santa Catarina;
- Arlindo Chinaglia, de São Paulo.

Do DEM (5):
- Rodrigo Maia, do Rio de Janeiro;
- José Carlos Aleluia, da Bahia;
- Felipe Maia, do Rio Grande do Norte;
- Onyx Lorenzoni, do Rio Grande do Sul.
- Rodrigo Garcia, de São Paulo.

Do PP (5):
- Mário Negromonte Jr., da Bahia;
- Paulo Henrique Lustosa, do Ceará;
- Cacá Leão, da Bahia;
- Dimas Fabiano Toledo, de Minas Gerais;
- Júlio Lopes, do Rio de Janeiro.

Do PSDB (4):
- Jutahy Júnior, da Bahia;
- Yeda Crusius, do Rio Grande do Sul;
- João Paulo Papa, de São Paulo;
- Betinho Gomes, de Pernambuco.

Do PMDB (4):
- Jarbas de Andrade Vasconcelos, de Pernambuco;
- Pedro Paulo, do Rio de Janeiro;
- Lúcio Vieira Lima, da Bahia;
- Daniel Vilela, de Goiás.

Do PR (3):
- João Carlos Bacelar, da Bahia;
- Milton Monti, de São Paulo;
- Alfredo Nascimento, do Amazonas.

Do PRB (2):
- Beto Mansur, de São Paulo;
- Celso Russomano, de São Paulo.

Do PSB (2):
- José Reinaldo, do Maranhão, por fatos de quando era governador do Maranhão;
- Heráclito Fortes, do Piauí.

Do PSD (2):
- Fábio Faria, do Rio Grande do Norte;
- Antônio Brito, da Bahia.

Do Solidariedade (1):
- Paulinho da Força, de São Paulo.

Do PCdoB (1):
- Daniel Almeida, da Bahia.

Do PPS (1):
- Arthur Oliveira Maia, da Bahia.

Do PTB (1):
- Paes Landim, do Piauí.

Acompanhe o Papo Sério no Facebook e Marco Raposo no Twitter Facebook.